12/11/2010

200 MÚSICAS ROMÂNTICAS INESQUECÍVEIS


Baladas nunca saem de moda. Only you, My Girl e When a Man Loves Woman, por exemplo, são repetidamente tocadas nas rádios de flash back, regravadas por cantores diversos e relançadas em coletâneas com as melhores músicas de todos os tempos.
Baladas marcam gerações. Tanto que uma mesma música é gravada e regrava diversas vezes por cantores e grupos de gerações diferentes. Just the Way You are, com Barry White, foi regravada por Billy Joel, e Want to Know What Love Is, do Foreigner, voltou recentemente às paradas de sucesso com Mariah Carey.
Baladas mexem com o coração. Se você é sensível, certamente ouve rádios especializadas como Alpha FM e Antena 1. Mas, se não é está longe de ser uma pessoa sensível, ouve a Alpha e a Antena 1. Ninguém, afinal, resiste a uma bela balada.
Baladas mexem com a memória. Elas lembram das nossas novelas favoritas, dos amigos que não vemos mais e dos amores que se foram. Lembram momentos e pessoas, que não voltam mais.
O blog Modas & Manias foi criado com a intenção de mexer no baú de recordações e resgatar filmes, seriados, novelas, gibis, brinquedos e músicas do passado. E, devido ao grande número de acessos em alguns posts sobre música, resolvi fazer a lista com as 200 melhores baladas de todos os tempos (não sei se você pretende contar, mas caso o faça, não são exatamente 200 baladas, ok?).
As pesquisas levaram dias e nem sempre foram bem sucedidas. Alguns vídeos não possuem a qualidade desejada e outros tantos não são de shows ou vídeos promocionais, mas procurei, acima de tudo, sons que de uma forma ou de outra fossem audíveis e agradassem os fãs de músicas românticas.
Clique no título da música para ouví-la. Caso queira baixar algum vídeo do Youtube, acesse o link no final da lista.


UNFORGATABLE – NAT KING COLE

WHEN A MAN LOVES WOMAN - PERCY SLEDGE

MY GIRL – THE TEMPTATIONS

ONLY YOU – THE PLATTERS

I CAN’T STOP LOVING YOU – RAY CHARLES

JUST THE WAY YOU ARE – BARRY WHITE

YESTERDAY – THE BEATLES

HEY JUDE – THE BEATLES

LET IT BE – THE BEATLES

UNCHAINED MELODY – RIGHTHEOUS BROTHERS

A LITTLE HELP FROM MY FRIENDS – JOE COCKER

IMAGINE – JOHN LENNON

CHANGES – BLACK SABBATH

ANGIE – THE ROLLING STONES

ROCK AND ROLL LULLABY – B. J. THOMAS

LOVE OR LEAVE ME ALONE – DENNIS YOST

SKYLINE PIGEON – ELTON JOHN

TORNERO – I SANTO CALIFORNIA

KILLING ME SOFTLY WHITH HIS SONG – ROBERTA FLACK

BEN – JACKSON FIVE

HAPPY – MICHAEL JACKSON

WHO’S LOVING YOU – DOBIE GRAY

DON’T LET ME DOWN – THE HOLLIES

CHANSON D’AMOUR – THE MANHATTAN TRANSFER

DREAMIN’ – LIVERPOOL EXPRESS

YOU ARE MY LOVE – LIVERPOOL EXPRESS

YOU ARE EVERYTHING – MARVIN GAYE feat. DIANA ROSS

MY CHERIE AMOUR – STEVE WONDER

YOU ARE SO BEAUTIFUL – JOE COCKER

HOW CAN YOU MEND A BROKEN HEART – BEE GEES

WORDS – BEE GEES

HOW DEEP IS YOUR LOVE – BEE GEES

TOO MUCH HEAVEN – BEE GEES

EMOTION – SAMANTHA SANG feat. BEE GEES

SUNSHINE ON MY SHOULDERS – JOHN DENVER

I’LL NEVER LOVE THIS WAY AGAIN – DIONNE WARWICK

I HAVE DREAM - ABBA

WHEN YOU'RE GONE – MAGGIE McNEAL

YOU NEED ME – ANNE MURRAY

I WRITE THE SONGS – BARRY MANILOW

MIRRORS – SALLY OLDFIELD

IF YOU LEAVE ME NOW – CHICAGO

THE CLOSER EYE GET TO YOU – ROBERTA FLACK feat. DONNY HATTAWAY

TONIGHT THE NIGHT – ROD STEWART

YOU’RE IN MY HEART – ROD STEWART

FEELINGS – MORRIS ALBERT

LOVE HURTS – NAZARETH

HOW GONNA SEE ME NOW – ALICE COOPER

I NEVER CRY – ALICE COOPER

I DON’T WANT TO GO ON WITHOUT YOU - NAZARETH

YOU LIGHT UP MY LIFE – DEBBIE BOONE

FLYING – CHRIS DE BURGH

I LOVE YOU – FREDDY COLE

BABE - STYX

WE'RE ALL ALONE – RITA COOLIDGE

TORN BETWEEN TWO LOVERS – MARY MCGREGOR

ALLOUETTE – DENISE EMMER

I JUST WANNA STOP – GINO VANELLI

THEME FROM MAHOGANY – DIANA ROSS

YOU'RE TOO FAR AWAY – DAVID CASTLE

SHE BELIEVES IN ME – KENNY ROGERS

ANGELICA & RAMONE – SECRET SERVICE

EASY – COMMODORES

THREE TIMES A LADY – COMMODORES

LOVE IS IN THE AIR – JOHN PAUL YOUNG

HONESTY – BILLY JOEL

ON MY OWN – NIKKA COSTA

CRYING – DON MCLEAN

WHAT’S IN A KISS – GILBERT O’SULLIVAN

PLEASE, DON’T GO – KC & THE SUNSHINE BAND

YOU AND I – PAUL ANKA feat. MEIRELLE MATHIEU

PERHAPS LOVE – PLACIDO DOMINGO feat. JOHN DENVER

WOMAN – JOHN LENNON

YOU’VE GOT A FRIEND – CAROLE KING

SURVIVE – JIMMY BUFFET

SHINE ON – LTD

SAILING – CHRISTOPHER CROSS

ANGEL OF MORNING – JUICE NEWTON

IN YOU EYES – GEORGE BENSON

LIVING INSIDE MYSELF – GINO VANELLI

I’M NEVER GONNA SAY GOODBYE – BILLY PRESTON

MAKE LOVE OUT OF NOTHING AT ALL – AIR SUPLY

EVEN THE NIGHT ARE BETTER – AIR SUPLY

GOT TO BE THERE – CHAKA KHAN

ETERNAL FLAME - BANGLES

I LIKE CHOPIN - GAZEBO

TAKE ME NOW – DAVID GATES

CLASSICS – ADRIAN GURVITZ

NO MORE LONELY NIGHTS – PAUL McCARTNEY

PIPE OF PEACE – PAUL MCCARTNEY

THAT’S WHAT LOVE IS ALL ABOUT – MICHAEL BOLTON

TOTAL ECLIPSE OF THE HEART – BONNIE TYLER

I SHOULD HAVE KNOWN BETTER – JIM DIAMOND

IT MIGHT BE YOU – STEPHEN BISHOP

SAVE ME - QUEEN

LOVE OF MY LIFE - QUEEN

LAS PALABRAS DE AMOR - QUEEN

VICTINS – CULTURE CLUB

NOTHING GONNA CHANGE MY LOVE FOR YOU – GLENN MEDEIROS

FOR YOUR EYES ONLY – SHEENA EASTON

WE’VE GOT TONIGHT – KENNY ROGERS feat. SHEENA EASTON

YOU AND I – KENNY ROGERS feat. BEE GEES

TRUE – SPANDAU BALLET

GLORY OF LOVE – PETER CETERA

MY OH MY – SLADE

COMING AROUND AGAIN – CARLY SIMON

HURT – CARLY SIMON

NIKITA – ELTON JOHN

EMPTY GARDEN – ELTON JOHN

I GUESS THAT’S WHY THEY CALL IT BLUES – ELTON JOHN

SAD SONGS – ELTON JOHN

STRAIGHT FROM THE HEART – BRYAN ADAMS

I DO IT FOR YOU – BRYAN ADAMS

STILL LOVING YOU - SCORPIONS

I WANT TO KNOW WHAT LOVE IS - FOREIGNER

RIGHT HERE WAITING – RICHARD MARX

CRY FOR HELP – RICK ASTLEY

HARD TO SAY I’M SORRY – CHICAGO

AGAINST ALL ODDS – PHIL COLLINS

TIME AFTER TIME – CINDY LAUPER

LADY, LADY, LADY – JOE ESPOSITO

ON MY OWN – PATTI LABELLE feat. MICHAEL MCDONALD

I’LL STAND BY YOU – THE PRETENDERS

TONIGHT I CELEBRATE MY LOVE – PEABO BRYSON feat. ROBERTA FLACK

JUST MY IMAGINATION – LILLO THOMAS

IS THIS THE END – NEW EDITION

MAKE BELIEVE IT’S YOUR FIRST TIME – KAREN CARPENTER

PURPLE RAIN - PRINCE

FOREVER YOUNG - ALPHAVILLE

LOVER WHY - CENTURY

IT’S MY TURN – DIANA ROSS

KNIFE - ROCKWELL

NOW AND FOREVER – CAROLE KING

MISSING YOU – DIANA ROSS

ENDLESS LOVE – DIANA ROSS feat. LIONEL RICHIE

HELLO – LIONEL RICHIE

SAY YOU, SAY ME – LIONEL RITCHIE

I JUST CALL TO SAY I LOVE YOU – STEVE WONDER

LOST IN YOUR EYES – DEBBIE GIBSON

STAY ON THESE ROADS – A-HA

LADY IN RED – CHRIS DE BURGH

SOMEWHERE OUT THERE – LINDA RONSTADT feat. JAMES INGRAN

EBONY EYES – RICK JAMES feat. SMOKEY ROBINSON

DON’T CLOSE YOUR EYES TONIGHT – JOHN DENVER

GREATEST LOVE OF ALL – WHITNEY HOUSTOUN

TAKE MY BREATH AWAY - BERLIN

I’LL BE OVER YOU - TOTO

ALWAYS – ATLANTIC STARR

SHE’S LIKE THE WIND – PATRICK SWAYZE

I’VE BEEN IN LOVE BEFORE – CUTTING CREW

IS THIS LOVE - WHITESNAKE

IF YOU DON’T KNOW ME BY NOW – SIMPLY RED

ALL BY MYSELF – CELINE DION

MY KIND OF LADY - SUPERTRAMP

CARRIE - EUROPE

BABY CAN I HOLD YOU TONIGHT– TRACY CHAPMAN

NOTHING COMPARIES TO YOU – SINEAD O’CONNOR

NEVER SAY GOODBYE – BON JOVI

I’LL BE THERE FOR YOU – BON JOVI

WIND OF CHANGE - SCORPIONS

LISTEN TO YOUR HEART - ROXETTE

NOVEMBER RAIN – GUNS’N’ROSES

I MISS YOU - HADDAWAY

LINGER – THE CRAMBERRIES

I REMEMBER YOU – SKID ROW

BEAUTIFUL - MARILLION

YOU’RE STILL THE ONE – SHANIA TWAIN

UN-BREAK MY HEART – TONI BRAXTON

TWO BECAME ONE – SPICE GIRLS

MY HEART WILL GO ON – CELINE DION

LOVE BY GRACE – LARA FABIAN

I WILL COME TO YOU - HANSON

CANDLE IN THE WIND – ELTON JOHN

MY ALL – MARIAH CAREY

YELLOW - COLDPLAY

MY IMMORTAL - EVANESCENCE

WHITE FLAG - DIDO

THINKING ABOUT YOU – NORAH JONES

WOMAN – NENEH CHERRY

YOU’RE BEAUTIFUL - JAMES BLUNT

MAKE IT ALL OK – R.E.M.

BECAUSE OF YOU – KELLY CLARKSON



05/11/2010

OS SIMPSONS, CURIOSIDADES


A série Os Simpsons surgiu inicialmente em 1987 como uma série de curtas de 30 segundos produzidos por Matt Groening para a série de televisão “The Tracey Ullman Show.”

Cada episódio leva, em média, seis meses para ser finalizado.

Para animar um único episódio de Os Simpsons, é preciso produzir 24 mil desenhos e gastar até oito meses de trabalho. O custo?1 milhão de dólares.

Os nomes dos membros da família Simpson foram inspirados em pessoas reais, todos da família do criador Matt Groening. Homer e Marjorie (Marge) eram os nomes dos pais de Matt. Lisa e Maggie são suas sobrinhas. A única exceção é Bart.

Afinal, os Simpsons têm nome do meio? Com exceção de Maggie, todos têm. Bart se chama Bart Jo-Jo Simpson. Lisa é Lisa Marie Simpson - provavelmente, uma homenagem dos criadores a Lisa Marie Presley. Marge é Marjorie Bouvier Simpson. Quanto ao J. de Homer J. Simpson… significa “Jay” mesmo!

Idade dos personagens principais: Marge, 34 anos; Homer, 36 anos; Bart, 10 anos; Lisa, 8 anos; e Maggie, 1 ano.

Em relação ao nome de alguns dos personagens secundários (Flanders, Lovejoy, Powell, Quimby e Terwilliger) de Os Simpsons, o que se sabe é que Matt Groening buscou inspiração no nome de ruas de Portland, Oregon, sua cidade natal.

O palhaço Krusty foi inspirado em Rusty Nails, um palhaço que Groening havia visto na TV quando era criança.

O cão de estimação (da raça galgo) da família chama-se Ajudante de Papai Noel e o gato, Bola de Neve II. Na verdade, existem o Bola de Neve I, II, III, IV… que sempre morrem sem motivo aparente.

O bairro onde Homer e sua família vivem chama-se Evergreen Terrace.

Existem 121 cidades chamadas Springfield nos Estados Unidos. Nenhuma delas, porém, é identificada como a cidade da série. Os autores preferiram não revelar o estado onde a cidade está localizada. O nome Springfield foi escolhido justamente por ser bastante comum nos Estados Unidos. Apesar disso…

Alguns fãs da séries estão crentes de que a Springfield da série fica no estado de Missouri. E eles tem um bom argumento para acreditar nisso: assim como a Springfield de Os Simpsons, a cidade de Missouri é também vizinha de uma localidade chamada Shelbyville. O único problema é que… A Springfield do desenho possui montanhas, sequóias e fica praticamanente no litoral e a Springfield de Missouri está quase no centro dos Estados Unidos.

Desde sua estréia, em 1989, a série já exibiu 464 episódios em 22 temporadas.

Acredite, fãs da série contaram quantos "dã!" (d'oh!" em inglês) Homer falou ao longo das temporadas de Os Simpsons. O resultado: 377 até a 15a temporada.

Algumas celebridades que apareceram na série: U2, Britney Spears, Sting, Ringo Starr, Elisabeth Taylor, R.E.M., Kim Basinger, Alec Baldwin, Mick Jagger, Paul McCartney, Lenny Kravitz, Pete Sampras, Andre Agassi, Larry King, Stephen Hawking, Ramones, Elvis Costello e a dupla de detectives Mulder e Scully, de Arquivo X.

Nas temporadas mais antigas, Sr. Burns tinha 81 anos. Nas recentes, ele conta 104.

Contando as participações especiais e os animais de estimação, até a última temporada morreram 31 personagens.

Aliás, você sabia que existem mais de 300 personagens secundários? Destes, 150 aparecem regularmente.

Na abertura de cada episódio, quando Maggie passa pela caixa registradora, aparece o valor de $847,63.

Nos países árabes, Hommer bebe refrigerante no lugar de cerveja para não contrariar os costumes locais. Seria o refrigerante Duff?

O número do telefone do Bar do Moe é 7648-4377. Ao digitar esses números no telefone temos a palavra SMITHERS.

Marge Simpsom saiu na capa da Playboy americana em 2009 para comemorar os 20 anos da série. Dizem que foi a primeira personagem de animação a aparecer nua na Playboy.

O correio norte-americano imprimiu 1 bilhão de selos em homenagem aos 20 anos da série.

Os Simpsons foi escolhido foi escolhida pela revista Time como a melhor série de TV do século XX.

A abertura com a família correndo para sentar no sofá, dura, em média, 20 segundos.

Existe um livro sobre filosofia centrado na família de Marge e Homer. Chama-se Os Simpsons e a filosofia.

Você sabia que existe um personagem gay em Os Simpsons? Pois ele (ou ela) foi revelado no episódio "There's Something About Marrying" ("Há Algo Sobre o Casamento", na tradução literal, um trocadilho com o título em inglês do filme Quem Vai Ficar com Mary?), levado ao ar nos Estados Unidos em 2005. É Patty Bouvier, uma das irmãs de Marge.

E você reparou que vários personagens são canhotos? Pois é, pouca gente reparou. Isso ocorreu por causa de Matt Groening, que também é canhoto.

As iniciais de Matt Groening estão em Homer, o seu cabelo em cima da orelha é o M,e a orelha é o G.
O filme do seriado foi lançado em 26 e 27 de julho de 2007 e arrecadou mais de meio bilhão de dólares em todo o mundo.



Fonte: Mais Curiosidade. Caso queira mais informações sobre nostalgia, entretenimento e curiosidades, acesse o blog Mais Curiosidade.

26/10/2010

OS PERSONAGENS E AS CURIOSIDADES DE STAR WARS


PERSONAGENS:

Luke Skywalker – Filho de Anakin Skywalker e Padmé Amidala, Luke é separado de sua irmã gêmea Leia e cresce sem conhecer seu passado. Luke enfrenta o Império e tenta conhecer a Força com a ajuda de Obi-Wan Kenobi e Yoda.

Leia Organa – Irmã gêmea de Anakin. Logo que nasceu, foi separada do irmão e adotada por Bail Organa, da família real de Alderaan. Torça líder da Aliança Rebelde contra as forças do Império.

Anakin Skywalker/Darth Vader – Nasceu de forma misteriosa, sem a presença de um pai, no planeta Tatooine. Quando criança, foi escravo do comerciante Wattoo. É levado de Tatooine por Qui-Gon Jinn. Conquistou a rainha Amidala, com quem tem filhos gêmeos. Adere ao lado negro da Força e se transforma em Darth Vader.

Shmi Skywalker – Escrava mãe de Anakin. Concebeu o filho sem a presença de um homem. Morre nas mãos do Povo da Areia. Aparece somente nos episódios I e II da saga.

Amidala – Mais conhecida como Padmé Amidala, torna-se rainha do planeta Naboor. Durante a invasão de seu planeta, foge com a ajudas do jedis Jedi Qui-Gon Jinn e Obi-Wan Kenobi. Tem um romance com Anakin Skylwalker, futuro pai de seus filhos.

Obi-Wan Kenobi – Jedi treinado por Yoda e uma dos principais personagens da saga Guerra nas Estrelas. Com a ajuda de Qui-Gon Jinn, resgata a rainha Amidala em Naboor. Com problemas em sua nave, aterissa no planeta Tatooine, onde conhece Anakin Skywalker. Anos depois, morre em um duelo com Darth Vader.

Qui-Gon Jinn – É um dos mais poderosos jedis. Foi mestre de Obi-wan e descobridor de Anakin Skywalker. Auxilia no resgate da princesa Amidala. É morto pelo poderoso Darth Maul.

Yoda – É um dos poucos personagens em que aparecem em todos os filmes de Star Wars. Apesar de medir menos de um metro de altura, é um dos mais poderosos jedis de que se tem notícias. Treinou Luke Skywalker.

Han Solo – Nativo do planeta Corellia, Han Solo é um mercenário que, juntamente, com Luke Skywalker e Chewbacca, parte para salvar a princesa Leia Organa. Acaba se apaixonando por Leia.

Chewbacca – É o responsável por manter a Falcon, nave de Han Solo, funcionando. Pertence à raça dos wookies, humanóides gigantes e peludos. Torna-se parceiro de Solo, após ter sido liberdado da escravidão.

Mace Windu – Um dos membros do Conselho Jedi e amigo próximo de Yoda. No princípio, é contra o treinamento de Anakin Skywalker. Foi um dos líderes do exército de clones da República contra o conde Dookan.

C3-PO – É um andróide fluente em mais de 6 milhões de meios de comunicação. Foi encontrado no lixo e reconstruído por Anakin Skywalker. Torna-se, juntamente com R2-D2, parceiro de aventuras de Anakin e, mais tarde, Luke Skywalker.

R2-D2 – Mestre em quebrar códigos de segurança, esse pequeno robô já salvou a pele de muita gente, de Anakin a Luke Skylwalker. Era um dróide astromecânico, a serviço da Rainha Amidala de Naboo.

Jar-Jar Binks – Após ter sido banido do seu povo, o atrapalhado Jar-Jar é salvo por Qui-Gon Jin e, como retribuição, resolve protégé-lo. Acompanha Qui-Gon e Obi-Wan em suas aventuras.

Lando Calrissian – Contrabandista amigo de Han Solo. Trai Han e entrega ele e e princesa Leia a Darth Vader. Acaba se arrependendo mais tarde.

Conde Dookan/Darth Tyranus – Mestre Sith e líder dos Sistemas Independentes. Foi mentor de Qui-Gon Jinn. Foi corrompido pelo lado negro da Força.

Darth Maul – Mestre do lado negro treinado para matar jedis. Seu verdadeiro nome é Khameir Sarin. Usa um sabre de luz de duas lâminas. Foi ele quem matou Qui-Gon Jinn.

Darth Sidious/Palpatine – É o principal vilão da série. Ambicioso e asqueroso, aliciou treinou Darth Tyranus e aliciou Anakin Skywalker para o lado negro da Força. Em O Retorno de Jedi, é morto por Darth Vader/Anakin.

Jabba The Hutt – O obeso Jabba é herdeiro de uma tradição de Gângsters. Congela Han Solo e escraviza a princesa Leia. É ele quem comanda as corridas de Tatooine.


CURIOSIDADES:

Star Wars é dividido em duas trilogias, a primeira lançada em 1977 e a última, em 1999. Entre o primeiro filme (Uma Nova Esperança) da primeira trilogia e o primeiro (A Ameaça Fantasma) da segunda, passaram-se mais de 20 anos.

Ao ser lançado em 1977, Uma Nova Esperança, a primeira parte da saga, tornou-se o filme mais visto da história do cinema.

Clique aqui para continuar a leitura.

22/10/2010

ULTRAMAN E ULTRASEVEN, DOIS SERIADOS CULTS


Criança, eu adorava os seriados do Ultraman e Ultraseven. Aliás, acho que nove de cada dez homens que foram criança na década de 70 gostavam da dupla de super-heróis japoneses.
Eu tinha um amigo que afirmava que, além de Ultraman e Ultraseven, gostava do Ultra Q e Ultra Light. Acho que era mentira dele, que nunca existiu o tal de Ultra Q. Mas, pesquisando na internet, adivinha quem eu encontrei.
Os seriados japoneses de super-heróis versus monstros alienígenas fazem sucesso até hoje.
Uma das primeiras séries “made in Japan” a conquistar a garotada brasileira foi National Kid. Produzida pela Toei Company, National Kid foi exibida no Japão enre 1960 e 1961. No Brasil, National Kid foi exibida entre o final dos anos 60 e início dos 80.
Ultraman e Ultraseven fazem parte de um grupo de super-heróis chamado Ultrafamília, composta por várias franquias e personagens criados ao longo de 35 anos. Um dos primeiros foi Ultraman, criado em 1965. Depois vieram Ultra Q, Ultraseven, Ultrafight, Ultraman Ace, Ultraman USA, Ultraman Tiga e outros.
No Brasil, Ultraman foi exibido entre o final dos anos 60 e início dos 80 por várias emissoras de TV, entre elas as extintas TV Tupi e Manchete. Atualmente, a série é exibida na Rede Brasil de Televisão.
Ultraseven apareceu em 1967 e, como seu antecessor Ultraman, esteve na programação de diversas emissoras de TV. Tanto no Japão quanto no Brasil, fez mais sucesso do que todo o restante da família Ultra.
Originário do planeta Ultra, Ultraseven desembarcou na Terra com a missão de defender o planeta de invasores e monstros alienígenas. Em nosso planeta, ele assumiu o nome do terráqueo Dan Moroboshi, recruta do esquadrão Ultra. Sempre que surgia alguma ameaça que exigia a presença de Ultraseven, Dan recorria ao visor energético Ultra-Olho e transformava-se no herói. Ultraseven era gigante, com mais ou menos 40 metros. Tinha super-poderes como a capacidade de lançar raios pelas mãos e através da gema que possuia na testa. Sua arma mais poderosa, no entanto, era o bumerangue que possuía na cabeça. Com o poderoso bumerangue, Ultraseven era capaz de partir um monstro gigante ao meio.
Ultraseven foi exibido no Japão entre 1967 e 1968, com 49 episódios. No Brasil, voltou a ser exibido pela Rede Brasil de Televisão.
Se quiser matar saudades de Ultraman e Ultraseven, clique nos links abaixo:

Ultraman

Ultraseven

07/10/2010

LEMBRA DESSAS MÚSICAS? ANOS 80


Lembra do programa Som Pop, da TV Cultura? Se você viveu os anos 80 e curtia o som que rolava em rádios como a Cidade, a Transamérica e a 89 FM, deve se lembrar.
Quase todos as músicas que estavam em moda e eram exaustivamente tocadas nas rádios da época tinham seus clipes apresentados no Som Pop. Para falar a verdade, o Som Pop apresentava bem mais do que isso. Não era só o pop que tinha espaço no programa, mas o progressivo, o punk e o heavy metal. Durante um bom tempo, o Som Pop transmitiu especiais (sempre no final do programa) sobre determinada banda ou cantor. Eu recordo de Emerson, Lake e Palmer, além de Iron Maiden, Pink Floyd, Adam & The Ants, The Cure e outros.
Grande parte das músicas abaixo tiveram seus clipes transmitidos pelo Som Pop. São músicas de grande sucesso, que marcaram os adolescentes e jovens que curtiam os programas de vídeoclipes pré-MTV.
Eu podia muito bem escolher Bette Davis Eyes, de Kim Carnes, ou qualquer outro som mais representativo dos anos 80 (True, do Spandau Ballet??), mas preferi sons que foram esquecidos (ou “quase” esquecidos). Quiz fazer uma lista de músicas que desapareceram de nossa memória e que, de alguma forma, precisavam ser lembradas.
Se não fosse o YouTube eu não teria conseguido achá-las.
Aliás, sabe quem é o cara da foto acima? Ele é cantor, produtor musical, radialista, crítico musical e, durante um bom tempo, foi apresentador do som Pop. Ele conquistou as paradas dos anos 80 com a música Eu Sou Boy. Sabe quem é?


TURN LOVE AROUND – GEORGE BENSON

BABOOSHKA – KATE BUSH

LUKA – SUZANNE VEGA

SOMEBODY WATCHING ME – ROCKWELL feat. MICHAEL JACKSON

VOYEUR – KIM CARNES

LOVE IS CONTROL – DONNA SUMMER

SITUATION – YAZOO

MR. ROBOTO – STYX

LOVE MISSILE – SIGUE SIGUE SPUTNIK

MY GIRL – CHILLIWACK

CENTERFOLD – J. GEILS BAND

DER KOMISSAR – FALCO

SATISFACTION – DEVO

I RAN – A FLOCK OF SEAGULLS

TOO SHY – KAJAGOOGOO

DRIVE – THE CARS

99 LUFTBALOONS – NENA

I CANT’ GO FOR THAT – HALL & OATES

WALK THIS WAY – RUN D.M.C. feat. AEROSMITH

DON’T STOP BELIEVING - JOURNEY

PLAY THE GAME TONIGHT - KANSAS

TWILIGHT - ELECTRIC LIGHT ORCHESTRA

COME ON EILEN – DEXIS MIDNIGHT RUNNERS

SAUSALITO SUMMERNIGHTS – DIESEL

REVOLUTION – THE CULT

TAKE THE L – THE MOTELS

HEART AND SOUL – HUEY LEWIS AND THE NEWS

LOVE AIN’T NO STRANGER – WHITESNAKE

ONLY TIME WILL TELL – ASIA

TOUCH AND GO – EMERSON, LAKE & POWELL

THIS IS NOT AMERICA – DAVID BOWIE

DON’T ANSWER ME – ALAN PARSONS PROJECT

MY KIND OF LADY – SUPERTRAMP

VICTINS – CULTURE CLUB

04/10/2010

LEMBRA DESSAS MÚSICAS? ANOS 70


Que estilo musical define melhor os anos 70? A maioria do público apostaria na Disco, e não sem razão. A Disco Music marcou toda uma geração. Quem tem mais de 40 anos deve lembrar de Bee Gees, Andrea True Connection, Sylvester, Village People, KC and Sunshine Band, Donna Summer e outros grupos/cantores cujas músicas embalaram as discotecas da época.
Acontece que a década de 70 também foi a época do punk, do rock progressivo e do nascente heavy metal, encarnado em bandas como Led Zeppelin, Deep Purple e Black Sabbath.
Se pedisse para alguém citar uma música que marcou os 70, porém, a resposta seria uma da onda disco. Talvez uma música do filme Os Embalos de Sábado à Noite ou da novela Dancin’Days. Não tem jeito.
Eu lembro de muita coisa que nada tem a ver com o modismo disco. E foi justamente com a intenção de mostrar como a cena musical dos anos 70 era variada, procurei alguns sucessos da época que foram “esquecidos”. São músicas que, fora uma ou outra exceção, não tocam em nenhuma rádio flash back, nenhuma festa nostálgica, em nenhum lugar, pois são poucos os que lembram delas.
Para variar, há algumas músicas da onda Disco. Mesmo assim, clique nos títulos abaixo, e veja como a cena musical dos 70 foi diversificada. E deliciosa!!!!
(Aliás, você sabe quem é o bigodudo da foto acima? Ele marcou a Disco com o uso de sintetizadores e sons altamente dançantes. Compôs músicas para cantores como Donna Summer. Também é um grande compositor de temas musicais para o cinema. Não vale clicar nas músicas antes de responder.)


SHOW ME THE WAY – PETER FRAMPTOM

LIVIN’ THING – ELO

48 CRASH – SUZI QUATRO

IF YOU CAN’T GIVE ME LOVE – SUZI QUATRO

STUMBLIN’ IN – SUZI QUATRO & CHRIS NORMAN

CANADA – PILOT

ALL FOR A REASON – ALESSI

DON’T GO BREAKING MY HEART – ELTON JOHN & KIKI DEE

HEARD IT THROUGH THE GRAPEVINE – CREEDENCE CLEARWATER REVIVAL

YOU ARE MY LOVE – LIVERPOOL EXPRESS

SAN FRANCISCO NIGHT – HARPO

XANADU – OLIVIA NEWTON-JOHN

MAGIC – OLIVIA NEWTON-JOHN

METEOR MAN – D. D. JACKSON

DANCE LITTLE LADY, DANCE – TINA CHARLES

FROM HERE TO ETERNETY – GIORGIO MORODER

LOVE’S IN ME, LOVE’S IN YOU – GIORGIO & CHRIS

YES SIR, I CAN BOOGIE – BACCARA

LIVIN’ MA BAKER – BONEY M

LIVIN’ MACHO – CELI BEE

COMING UP – PAUL McCARTNEY

MY SWEET LORD – GEORGE HARRISON

WHEN YOU'RE GONE – MAGGIE McNEAL

WE'RE ALL ALONE – RITA COOLIDGE

YOU'RE TOO FAR AWAY – DAVID CASTLE

30/09/2010

GIBIS ANTIGOS... QUE SAUDADES!!

Lembra-se da Editora Vecchi? Quem foi criança nas décadas de 70, 60 e 50 deve lembrar, com certeza. Os gibis da Vecchi marcaram a nossa infância, assim como os de editoras que não existem mais como a EBAL e a RGE (Rio Gráfica e Editora).
A editora Vecchi publicou diversos gibis, entre eles Tex, Mad, Gasparzinho, Gansola e Pesadelo (da linha de pesadelos). Poucas pessoas sabem, mas a Vecchi durou exatos 80 anos. Ela foi inaugurada em 1903 e encerrou as atividades em 1983.
Outra editora cujos gibis a garotada dos 70, 60 e 50 costumava comprar nas bancas era a EBAL (Editora Brasil-América). Eram títulos como Príncipe Valente, Superman, Capitão América e Tarzan(que você pode conferir abaixo). O detalhe é que a EBAL foi a primeira editora a lançar os títulos da DC e da Marvel no Brasil. A EBAL durou até 1995.
Conhecida pelas revistas Bloch, Desfile e Amiga, a antiga Editora Bloch também publicava gibis. A Bloch lançou títulos na linha de terror e de super-heróis, como Homem-Aranha.
A RGE – Rio Gráfica e Editora apenas mudou de nome, passando a se chamar Editora Globo. Publicou diversos quadrinhos nos anos 70 como Ferdinando, Pimentinha, Mandrake e Fantasma. A aceitação do Fantasma levou-a a publicar um álbum de figurinhas só do “espírito que anda”.
A editora Abril publicou dezenas de títulos em quadrinhos ao longo dos seus 60 anos. O primeiro gibi da editora foi O Pato Donald. Comandada pela família Civita, a Abril é mais conhecida por revistas como Veja, Quatro Rodas, Cláudia, Nova e Super Interessante. Mas ela já lançou gibis da Marvel, DC, Hanna-Barbera, Warner Bros e Maurício de Souza Produções.
Nos anos 70, a Abril levava às bancas histórias em quadrinhos com personagens que estavam na moda como A Pantera Cor-de-Rosa, O Gordo e o Magro, Pernalonga e Luluzinha. Os gibis de Faísca e Fumaça e Satanésio também fizeram parte de seu portfolio.
Abaixo, você poderá conferir (e matar saudades!) uma série de capas de gibis vendidos em bancas entre o início dos anos 70 e começo dos 80.




































29/09/2010

JINGLES DOS ANOS 70


Como todos sabem, jingle é uma mensagem publicitária musical. São músicas fáceis de memorizar, muito comuns na propaganda brasileira.
Além das letras curtas, os jingles são de fácil lembrança. Eles grudam na cabeça.
Os primeiros jingles para a TV datam do início da história da televisão brasileira. Eles foram muito populares nas décadas de 70 e 80.
Um dos jingles mais conhecidos (de várias gerações, na verdade) é o das Casas Pernambucanas, veiculado pela primeira no início da década de 1960. O comercial destaca um personagem simbolizando o frio batendo na porta de uma residência. Ao ser indagado quem é, ele responde: “É o frio”. Ao ouvir a resposta, a dona-de-casa canta: “Não adianta bater, eu não deixo você entrar…”.
O jingle das Pernambucanas foi apenas um dos que fizeram sucesso nos anos 70. Quem viveu a época deve se lembrar dos jingles do Café Seleto, Groselha Milani, Bala de Leite Kids e Duchas Corona, entre outros.
Se quiser ver, ouvir e lembrar dos comerciais com jingle dos saudosos anos 70, clique nos links abaixo. Acho que você vai gostar.

DUCHAS CORONA

CAFÉ SELETO

GROSELHA MILANI

PAPEL PRIMAVERA

D. D. DRIN

BALA DE LEITE KIDS

VASP

CASAS PERNAMBUCANAS

COCA-COLA, UM SORRISO

COCA-COLA, ISSO É QUE É

24/09/2010

NOVELAS DAS SEIS EXIBIDAS NOS ANOS 70

Se você tem mais de 40 anos, certamente vai lembrar das novelas das seis da tarde exibidas pela TV Globo nos anos 70. Até 1975, a Globo não exibia novelas nesse horário. É verdade que a emissora fez uma tentativa em 1971, mas acabou desistindo.
As primeiras produções das 18h00 foram adaptações de clássicos das literatura brasileira como Helena, Senhora e A Moreninha.
A novela que inaugurou o horário foi Helena, em 1975, uma adaptação da obra de Machado de Assis com a atriz Lúcia Alves no papel principal. A ela, seguiram-se as seguintes novelas: O Noviço (1975), Senhora (1975), A Moreninha (1975), Vejo a Lua no Céu (1976), O Feijão e o Sonho (1976), Escrava Isaura (1976), A Sombra dos Laranjais (1977), Dona Xepa (1977), Sinhazinha Flô (1977), Maria Maria (1978), A Sucessora (1978), Memórias de Amor (1979), Cabocla (1979), Olhai os Lírios do Campo (1980), Marina (1980) e As Três Marias (1980).
O detalhe é que Helena, O Noviço e Senhora foram produções curtíssimas, com o mesmo número de capítulos que as minisséries atuais. Helena, por exemplo, teve apenas 20 capítulos.
Abaixo, os nomes e logotipos dessas novelas que, sem dúvida, deixaram saudades.